Genialidade

Acabou o azeite, lá vou eu para o supermercado do outro lado da rua. Levo um choque de realidade: a garrafinha já está dezoito reais. Tenho um surto revolucionário. “Tá maluco, isso tem que acabar!” Munido da seletiva indignação classe média pego a moto e vou para o Mundial de Botafogo, reduto da resistência contra os zonas sul, pães de açúcar e delicatessens do Leblon. O ministro Levy, carioca, já devia ter aprendido: se existe uma batalha contra a inflação, as trincheiras estão no Mundial. Trincheiras um tanto sujas e com algumas baratas, mas guerra é guerra.

Encontro a garrafinha a quatorze reais. Arrá! Mas aí percebo que tem duas senhoras cochichando perto de mim. Todo mundo sabe que em supermercado popular duas pessoas falando baixinho só pode ser uma coisa: estão malocando oferta. Tal qual um Sherlock Holmes classe C percorro o Mundial atrás da misteriosa promoção. Não dá outra: lá no fundo, numa gôndola escondida, tem oferta-relâmpago: o mesmo azeite está sendo vendido por R$11.99. Vou enchendo o carrinho com tanta sofreguidão que o gerente pergunta: não quer levar logo uma caixa de dez?

E lá vou eu para a famosa fila quilométrica no caixa, a fase onde os coxinhas e os fracos desistem. Carrego meus azeites de 11.99 como um troféu. Só na saída me dou conta que caixas e motos não combinam. As pessoas na rua olham para a minha situação e dão risadas. Não me importo, não será a chacota pública que irá me deter, ao menos desta vez. Coloco a caixa entre as pernas e, usando toda minha cultura circense, vou saracoteando pelo trânsito até em casa. Por milagre chegamos, o azeite e eu, inteiros. Um feito e todo feito exige uma comemoração, de preferência com muito glúten. Mais uma vez atravesso a rua e vou ao Guerin, que, ironicamente, fica ao lado do Zona Sul. Carboidratos com vingança, combinação infalível.

Peço um café e um croissant. Dois pães para levar. A sensação de vitória é algo maravilhoso. E fugaz. O caixa me apresenta a conta. R$ 61,00. Faço a contabilidade: Poupei R$ 60,1 no azeite, gastei R$ 61 na comemoração pela economia.

Acho que preciso muito mais de uma professora primária do que de um psicanalista.

4 thoughts on “Genialidade

  1. norma disse:

    Muito divertido… Mas tenho de te dizer: o Mundial não é para os fracos.
    rs…rs…

    • Vanina disse:

      lol..seria melhor falar Espanhol. Este 0,99 me irrita. Foi 12,00 e não 11,99. E tu foste comprar 1 e não uma caixa. E de moto, venda esta moto. É melhor ficar vivo ! Tenho pânico a moto. lol O teu filho agradece. 🙂

  2. Nivaldo José Caliman disse:

    Caro Leo

    A cada post, fico ansioso no aguardo. Na certeza de viver um momento de bom gosto, humor e inteligência.
    Parabéns meu amigo!

  3. regin@ disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Só rindo muito!

Deixe uma resposta