Born to be wild

Hoje tive que ir ao Largo do Machado. Fui na minha scooter, que, com muita boa vontade, pode ser definida como uma enceradeira com duas rodinhas.
Um pouco antes de chegar paro no sinal e ao meu lado está um harleiro. Harleiro é o sujeito que tem uma moto Harley-Davidson, aquela que ficou famosa no filme Easy Rider. Por algum motivo que nunca entendi a maioria dos harleiros acha que é personagem do tal filme, mesmo quando é um analista de sistemas, pesa mais do que todos os protagonistas juntos e tem idade para ser avô deles. Então quando o harleiro para no sinal ele faz cara de mau e fica acelerando e fazendo barulho, na teoria para chamar a atenção para sua moto e assustar quem está em volta. Na prática, vergonha alheia em nível onze.
O harleiro que encontrei ainda por cima estava fantasiado com roupas de couro preto, provavelmente brinde da moto. Como o colete era muito justo as banhas saiam pelas dobras, o conhecido efeito provolone em versão halloween. O fato é que o harleiro fez o show completo: acelerou muito, fez um barulho dos diabos e olhou a todos com cara feia. Assim que abriu o sinal saiu em disparada.
Quando estou estacionando a moto, um pouco mais à frente quem aparece? O harleiro. Ele sai da moto e se vê que não tem mais que 1,60m. Como o chão era esburacado e a moto muito pesada, não aguentou segurá-la (o próprio peso já era um fardo por si só) e a Harley- Davidson cai no chão. Tentou levantá-la sozinho mas não conseguiu. Uma cena melancólica.
Esperei os três segundos regulamentares (é o tempo de gravar de forma eterna um episódio vergonhoso alheio, para não repetí-lo nunca na sua própria vida) e fui ajudá-lo. Com mais um um motoboy conseguimos colocar a moto de pé. O rebelde sem causa continuou com a sua cara de mau e, apontando com o queixo para nossas motos, comentou: “com essas lambretinhas é bem mais fácil”

O tempo passa e a minha fé na humanidade só melhora.

2 thoughts on “Born to be wild

  1. Marilia disse:

    Kkkkkkk….a minha tbm!!!

  2. regin@ disse:

    Rindo um bocado!! Há figurinhas que já gostam de ser ridículos!
    abçs regin@

Deixe uma resposta