Chaos in Rio

Governador, Prefeito, mais uma vez estou aqui para ajudá-los. É para isso que existe este blog. Essa confusão toda que vai ser a Copa, o que fazer?  Como resolver problemas aparentemente não é a especialidade da dupla, vamos dar um jeito nisso. Ou melhor, um jeitinho  Vamos tornar a bagunça uma atração turística! Os visitantes, principalmente os estrangeiros, vão amar! Chega dessa história do Rio só das paisagens, das praias, do samba etc. Vamos reposicionar a cidade no mercado, agregar valor, aproveitando o que atualmente ela tem de mais característico: a desorganização generalizada e a revolta que isso causa. Chaos in Rio! Esse vai ser o novo lema deste balneário.

Logo de cara teremos Argentina x Bósnia no Maracaña. Levem os torcedores argentinos para os protestos na rua, eles adoram. Vão sentir falta das panelas para bater, mas é só distribuir aquelas caxirolas encalhadas de brinde. Vão se apaixonar definitivamente pela cidade. Já com a meia dúzia de turistas bósnios, a solução é levar para um dos tiroteios que acontecem nas UPPs. Ainda ontem eles estavam em guerra com a Croácia, então vão se sentir em casa com as balas voando sobre a cabeça. Os ingleses podem dar as caras por aqui nas oitavas. Se trouxerem os hoolingans, vai ser mole. Os caras já eram black blocs antes dos black blocs serem inventados. Mandem eles pros protestos também. Com a vantagem que esses não vão jogar coquetéis molotov em bancos, vão beber tudo antes de acender o pavio. E os russos? A gente sabe que torcedor russo também não é chegado numa finesse. O negócio deles é distribuir sopapos entre si e em quem estiver em volta.  Façam um workshop de linchamento com eles. Quem sabe V. Exas. não faturam algum vendendo trancas de bicicleta para Moscou? Tem os suíços também: imaginem a experiência libertadora que vai ser para eles viver sem as amarras do relógio, da pontualidade, num lugar onde nada, absolutamente nada, começa na hora certa? Melhor do que psicanálise e muito mais barato. Vão virar fãs eternos. Os nigerianos, às voltas com os terroristas do Boko Haram, vão ficar maravilhados com a PM carioca e seus métodos de trabalho. E mesmo se o Brasil ganhar a Copa e os turistas estrangeiros ficarem tristes com a derrota, não tem problema, é só mostrar pra eles no aeroporto os favoritos para a próxima eleição daqui e explicar suas principais características. Vão voltar para casa felizes da vida.

E toda essa gente que viveu um mês como um autêntico carioca vai voltar pra casa adorando a experiência no Rio, vai ser propaganda de graça para a cidade no exterior. Podem apostar que vão voltar todos na Olimpíada. Como a gente sabe que a zona vai continuar até lá, não tem erro. Chaos in Rio vai ser o seu legado eterno. Parabéns.

8 thoughts on “Chaos in Rio

  1. catia disse:

    ideia fantástica! rsrsrs

  2. Marilia disse:

    Kkkkk…muito boa, Leo!!! Love it!!!
    Tô curiosa pra ver o quê vai ser dessa cidade daqui há algumas semanas….quem sobreviver, verá!!!

  3. Tamara disse:

    Muito bom, Leo!!
    Que tal começar a traduzir para o
    inglês as crônicas sobre a Copa?!?

  4. Beth Q. disse:

    Muito bom! É a nossa triste realidade.
    Abraço carioca

  5. Aline Viana disse:

    Adorei!
    Essa realmente vai ser a Copa das Copas, rsrsrs

  6. regina mas disse:

    Achei a ideia genial!!!
    Parabéns ao Chaos in Rio!
    hahahahaha
    bjs regin@

  7. Isaura disse:

    E a copa vem chegando e a curiosidade aumentando.
    Belo texto.

  8. regin@ disse:

    Ótimo seu texto… Infelizmente é isso mesmo o que podemos mostrar aos gringos…Mas pra não ser totalmente pessimista, nosso povo, nossa gente, recebe bem, é amável e simpática. Pena é que a bagunça seja generalizada mesmo, assim como a falta de compromisso.
    Que pena…
    abços da regin@

Deixe uma resposta