O social é a jogada.

Contagiado pelo espírito empreendedor do Luciano Huck e cia, resolvi fazer as minhas próprias campanhas e camisetas, afinal o que não faltam são oportunidades de ficar bem na foto e ao mesmo tempo faturar algum. Então meu Dpto. de Marketing já fez o plano:

1 – #SomosTodosFudidos: Ando na rua e vejo muita gente pobre, miserável até. Muito injusto isso. Olhaí a oportunidade! Vamos todos postar fotos nas redes sociais com um prato vazio na frente. Vou vender a camiseta do prato por uns cem reais no meu site. Quem é contra a miséria? Quer dizer, com perdão pelo ato falho: quem é a favor da miséria? Minha t-shirt vai mudar o mundo e quebrar a banca.

2- #SomosTodosViados: Movimento gay e homofobia são assuntos que não saem da mídia. E onde tem mídia tem dinheiro, aprendi desde cedo. Como ficar fora dessa? Nem pensar! Vou fazer um arco-irís artificial ali na praia do Leblon e cobrar cinquenta reais de cada um para posar na frente dele. Mais cem para postar no Instagram ou no Facebook. O pacote custa duzentos na promoção!

3- #SomosTodosDGs: E esse bailarino assassinado no Pavãozinho? Campanha com ele também! Não posso deixar passar. Vamos todos fazer selfies no chão, fingindo de mortos. Sai a banana e entra a azeitona. E a minha camiseta vai ser cheia de furos, bem sutil. E como a sutileza tem um preço, duzentos reais cada no site, 3x sem juros.

4- #SomosTodosAssassinosdoDG: É muito importante ficar bem com todos, só assim se fatura alto. E a turma do Bolsonaro, vou deixar de fora? Jamais! Reaça também é gente, principalmente por que a maioria tem muito dinheiro. Dessa vez todos de arma na mão nas fotos. Camiseta com faca e caveira, Capitão Nascimento style.

5- #SomosTodosNokiaseMotorolas: Essa é pro pessoal discriminado porque não tem o smartphone da moda, ou para os nostálgicos de plantão. Todos de Startac, RaZR e N95 nos selfies! Camisetas Vintage na loja a duzentos mil-réis!

6- #SomosTodosDeus: Jesus me deve essa desde que expulsou os vendilhões do templo. Nada mais sagrado do que a vontade de se dar bem. Selfies com Estrela de Davi, Crucifixo, Crescente com Estrela, tanto faz, o que importa é a camiseta ecumênica vendendo e o caixa tilintando.

7 – #SomosTodosDiabo: como podia faltar? É a fronteira final do oportunista. A foto com chifrinho e tridente vai virar um clássico instantânteo. Venderá tanto que não vou ficar só na camiseta, vai ter o guarda roupa todo do Diabo. E no mais, já que eu vou pro inferno mesmo, que eu tenha verba suficiente pra bebida que pisca e a pulseirinha VIP.

4 thoughts on “O social é a jogada.

  1. Ana disse:

    Perfeito Léo
    #hipocrisiabrasileira

  2. Jackie disse:

    adoro suas crônicas.

  3. Tiss disse:

    falou tudo.., como sempre! parabéns Léo..! abs

  4. Christinna Costa disse:

    Li essa com um atraso…mas veio num momento que eu nao aguentava mais ver essa palhacada de pencas de bananas…e bando de hipocritas dependurados nelas.

Deixe uma resposta