A volta de Billy Castro

Para onde? Pergunta o app do Uber. Leblon, escreve Guilherme Augusto Castro Maia, Billy Castro, o designer mais genial de todo Jardim Botânico. O aplicativo mostra um valor absurdo. É o maldito preço dinâmico, se conforma Billy. Duas vezes? Três vezes? Como saber, o espertalhão não avisa mais. E o Uber black? Dá um preço […]