Dr. Roberto e eu

Comecei a fotografar no jornal O Globo, quando o Roberto Marinho ainda era o chefão. No primeiro dia o editor do departamento fotográfico me avisou o que nunca podia acontecer por ali: perder uma foto com o Dr. Roberto. Quebrar uma lente de vinte mil dólares, tropeçar no Presidente da República, tudo isso fazia parte […]

Paris

Foi na minha primeira viagem sozinho à Europa, o tradicional rito de passagem da juventude classe-média: passagem promocional da TAP ou Iberia para pagar em mil vezes e ir quicando de cidade em cidade, caindo nas piores roubadas e ficando nos hotéis mais ordinários. E, é claro, achando tudo lindo, como convém aos vinte anos. Foi muito metrô de […]